Pesquise

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Caros amigos,
Há 29 anos procuro pelo escoteiro Marco Aurélio. Meu filho. Muitos conhecem esta história, listada entre os três desaparecimentos mais intrigantes do mundo, ocorrido no Pico dos Marins, perto de Piquete, SP, no dia 8 de junho de 1985.
Meus companheiros da imprensa sempre me ajudaram nesse longo período.
Depois de tantos programas, hoje (16/12/14) o Tá na Tela da Band dedicou cerca de 20 minutos ao assunto, mas com um enfoque diferente.
Fez uma reconstituição na Serra da Mantiqueira, local do desaparecimento, com atores que encenaram com fidelidade o que teria acontecido naquele dia.
A equipe da Band teve uma dedicação incrível na coordenação das gravações.
Um trabalho que começou meses atrás, quando recebi um telefonema, dia 30 de setembro, do jovem Clésio Souza, da produção da Band, sobre como poderíamos abordar o fato com algum diferencial, comentando sobre uma eventual reconstituição.
Veio à minha casa e viu todo o material que tenho em arquivo.
Levou a idéia e a pauta foi aprovada.
Na sequência, a repórter Livia Zuccaro veio entrevistar a mim e minha esposa Neuma.
Dia 18 de novembro, uma equipe da TV, orientada pelo Alexandre, e os jovens atores, acompanhados de suas mães, foi feita a reconstituição no Pico dos Marins, com a colaboração do jornalista Rodrigo Nunes e do guia João Correia, que na época ajudou nas buscas.
Dias depois a equipe foi entrevistar Marco Antonio, o irmão gêmeo de Marco Aurélio, em São Bernardo do Campo.
O resultado foi esta brilhante reportagem exibida hoje. Feita com carinho, dedicação e, acima de tudo com grande responsabilidade.
Decidi relatar todos os passos do trabalho da TV para que, quem me lê agora e não conhece esse tipo de trabalho, veja como é preciso força de vontade, cuidado em cada detalhe, e uma edição honesta para se chegar a uma matéria de 20 minutos.
Só posso dizer a todos que estiveram ao meu lado nessa reportagem, um obrigado. Obrigado, não. Muito, muito obrigado pela dedicação.
Tenho certeza de que o jovem apresentador Luiz Bacci deve estar orgulhoso por ter uma equipe tão dedicada e competente. E parabéns à Band pelo programa. Sua grande audiência poderá - quem sabe - nos trazer nova luz nessa busca a Marco Aurélio.
Aos amigos que tiverem paciência para ler este relato, agradeço de coração.
A todos, um Feliz Natal e Próspero Ano 2015.
Abraços afetuosos do Ivo

Link:
http://entretenimento.band.uol.com.br/ta-na-tela/videos/2014/12/16/15313396/escoteiro-esta-desaparecido-ha-29-anos.html

3 comentários:

  1. Por acaso investigou o sistema biométrico eleitoral do país pra verificar derrepente se estar registrado a digital do rapaz,


    Ou outro sistema biométrico de outra nação qualquer.

    ResponderExcluir
  2. Uma das coisas que me chamou a atenção no caso MARCO AURÉLIO foi de que ele possuía 50% de visão. A outra é relativo a CHICO XAVIER "SÓ ME COMUNICO COM SERES DESENCARNADOS". Me veio então, a pergunta: pode o menino ter sido resgatado por alguém do outro lado da serra, MG, por exemplo e ter ficado vivendo com essa pessoa?
    Não acredito que ele tenha sido assassinado!
    Em Minas é comum cidadãos sem certidão de nascimento, como no nordeste do Brasil. E, por tanto, não são eleitores.

    ResponderExcluir